Ser Escritor

Blog Ser Escritor - Este blog tem por objetivo divulgar as obras literárias do Prof. Dr. Silvério da Costa Oliveira, proporcionar debate sobre as mesmas, abordar os temas tratados pelo autor em seus livros e apresentar dicas e informações para quem está querendo ser escritor. Ao final de cada postagem, clique nos marcadores para ter acesso a outras sobre o mesmo tema. Deixe seus comentarios aos posts, é simples, não é difícil. Você é bem vindo!

Minha foto
Nome:
Local: Rio de Janeiro, RJ, Brazil

Silvério da Costa Oliveira é Doutor (PhD) e Mestre em Psicologia; Psicólogo, Bacharel em Psicologia, Bacharel em Filosofia, possui a Licenciatura Plena em Psicologia e a Licenciatura Plena em Filosofia, possui a Licenciatura pelo MEC em História e Sociologia, autor de vários livros e artigos, conferencista. Sua formação está estruturada sobre três pilares: a Filosofia, a História e a Psicologia.

segunda-feira, 14 de janeiro de 2008

Seu livro é publicável? Check list verde e vermelho


Por: Silvério da Costa Oliveira.

O principal elemento para o sucesso social encontra-se junto à imagem que passamos para os outros. Sugiro aqui a leitura de meu livro “Vencer é ser feliz: A estrada do sucesso e da felicidade” publicado pela editora Ibrasa, a venda nas livrarias ou diretamente com a editora e com maiores informações disponíveis em meu site na Internet. Particularmente, penso no capítulo 1 “A beleza do papel que envolve um presente”.
No caso de seu livro e de você como autor, o primeiro contato com a editora com a qual poderá assinar um contrato de edição, se dará com o livro e não com o autor, deste modo, muita atenção à apresentação deste material para a editora, pois, a maioria dos livros que são devolvidos pelas editoras aos seus respectivos autores, o são sem sequer serem lidos, unicamente pela sua apresentação inadequada. Concentre-se na correta apresentação de seu livro a possível futura editora que o publicará e mais tarde, quando esta lhe telefonar convidando você para um encontro pessoal visando à assinatura de um contrato, aí sim será o momento de investirmos na sua aparência. Você deverá aparentar ser aquilo que ambiciona ser, vista-se e aja como se já tivesse o sucesso que almeja ter. Passe credibilidade pela sua aparência. Tenha a cara daquilo que você faz.
Se você escreve poesia, devo dizer que infelizmente e apesar de eu particularmente não concordar com tal posição, as editoras em nosso país em geral acreditam que poesia não vende e por tal motivo não a publicam. Todas as editoras recebem livros de poesia e como padrão devolvem aos seus autores sem ler, pois, não trabalham com tal linha temática.
Abaixo faço um check-in de viagem para novos e velhos autores que desejem publicar suas obras por alguma editora. Dê um ponto positivo para cada item verde e um ponto negativo para cada item vermelho. Lembre-se que para algumas coisas há alternativas, como, por exemplo, o número de páginas de seu livro. Não necessariamente você terá seu livro recusado por este ser muito grande, mas tenha consciência que este é um ponto negativo para o mercado e forneça opções, como, por exemplo, a possibilidade de dividir o livro em dois ou mais volumes ou em duas ou mais obras distintas sobre o mesmo tema. Esta divisão deve ser planejada já no momento em que escrevemos a obra, para permitir que cada unidade tenha sentido e significado próprio, com princípio, meio e fim, mesmo havendo continuação prevista.
Algumas editoras têm seu próprio modo de tratarem o material enviado para ser avaliado e fazem suas exigências com relação à apresentação de novos originais, se você pretende mesmo encaminhar para tais editoras, siga as normas por elas estipuladas. Normalmente estas normas estão disponíveis nos sites na Internet das referidas editoras. Lembre-se de verificar nas livrarias os livros publicados pela editora que você escolheu, verificar o site da editora na Internet e telefonar para a editora antes de encaminhar seu original.
Há editoras que só aceitam exemplares acompanhados de cópia do documento dos direitos autorais fornecido pela Fundação Biblioteca Nacional – FBN, comprovando o registro do original. Apesar da grande maioria das editoras só aceitarem trabalhos impressos, há quem só aceite originais encaminhados eletronicamente em formato PDF. Apesar das margens serem normalmente deixadas a cargo do autor do original, há editoras que especificam o tamanho do papel, as margens, o espaço entre linhas etc. Claro está que se você não segue as normas da Casa seu exemplar será devolvido sem ser lido.

VERDE
1-                 Seu livro após ser colocado no programa Pagemaker dentro das margens padrões adotadas pelas editoras apresenta número de páginas igual à média dos livros publicados atualmente (100 a 300 páginas).
2-                 Você apresentou seu livro todo digitado em um programa de computador, limpo, impresso, páginas numeradas e encadernado.
3-                 Você apresentou seu livro corrigido e sem erros de português.
4-                 Você apresentou seu livro para uma editora após cuidadosa pesquisa sobre as editoras e os livros que as mesmas estão atualmente publicando de modo que seu livro se adapta a uma linha temática mantida pela editora. Você verificou em algumas livrarias quais editoras estão publicando dentro da área temática de seu livro. Você foi à página na Internet da Editora e fez uma pesquisa sobre o que esta vem publicando e se há alguma coisa sobre futuros autores. Você telefonou para a editora e perguntou se estes teriam interesse em receber o seu exemplar.
5-                 Encaminhou os exemplares via sedex conjuntamente com uma carta de apresentação. A carta de apresentação contém: resumo de seu currículo, resumo da obra, motivos para publicação, tudo em uma página.
6-                 Você está escrevendo sobre o que sabe e sobre o que pesquisou bastante. Você está escrevendo dentro de sua área de atuação e formação profissional. Você pode ser considerado um especialista no tema no qual escreve.
7-                 Seu livro é fruto de um projeto bem delimitado.
8-                 Seu livro é voltado para determinado público alvo existente ou que pode ser criado.
9-                 O nível de compreensão de seu livro é adequado à formação de seu público leitor.
10-             Você escreve sobre um tema atual e para o qual há um mercado comprovado.
11-             Seu livro aparentemente deve vender bastante ou seu livro proporcionará prestígio à editora ou seu livro dará visibilidade à editora ou seu livro está de acordo com as idéias dos editores da editora.

VERMELHO
1-                 Seu livro após ser colocado no programa Pagemaker dentro das margens padrões adotadas pelas editoras apresenta número de páginas muito maior que a média dos livros publicados atualmente (acima de 400 páginas).
2-                 Você apresentou seu livro datilografado ou manuscrito, não digitou seu livro em um programa de computador, não numerou as páginas, não entregou os exemplares encadernados. Seu material está sujo ou com correções feitas a caneta.
3-                 O livro contém muitos erros de português.
4-                 Seu livro não se adapta a uma linha temática mantida pela editora. A editora não está recebendo novos exemplares para análise. A editora não trabalha com autores nacionais ou com o tema de seu livro.
5-                 Não encaminhou uma carta de apresentação conjuntamente com o livro.
6-                 Você está escrevendo fora de sua área de atuação pessoal e profissional e sem vivência marcante sobre o tema.
7-                 Não houve projeto ou delimitação adequada para seu livro. Você quis falar sobre tudo e acabou falando sobre nada.
8-                 Seu livro não tem público.
9-                 O nível de compreensão de seu livro está muito abaixo ou acima da formação de seu público leitor.
10-             Aparentemente não há mercado para sua obra.
11-             Seu livro aparentemente não venderá muito; não proporcionará prestígio a editora; não dará visibilidade a editora; está em desacordo com as idéias professadas pelos editores da editora.

Após o envio via sedex para a editora você pode encaminhar um e-mail para confirmar o envio e recebimento dos originais, mas não fique cobrando resposta caso esta não venha. Se quiser telefonar para confirmar o recebimento dos exemplares, sugiro aguardar de 30 a 60 dias para dar tempo dos mesmos receberem seu destino e serem arquivados no sistema em algum programa de computador que forneça a data do arquivamento, o nome do autor e das obras encaminhadas. Não fique cobrando respostas ou terá seus originais devolvidos. Sugiro aguardar quatro meses e se não tiver resposta após este período, encaminhe para outra editora. O tempo de resposta em geral varia de três a quatro meses, mas pode facilmente chegar a seis ou doze meses, logo, estipule um prazo seu e após este prazo encaminhe para outra editora.
Você pode encaminhar para quantas editoras quiser o seu original, se bem que algumas editoras exijam que você assine um documento no qual dará exclusividade de avaliação para a mesma por um determinado prazo. Escolha editoras que estejam no mesmo nível, de modo que se você encaminhar para quatro editoras diferentes e qualquer uma destas aceitar o seu original você possa tranqüilamente aceitar o contrato sem ficar com pena de não ser outra e sem querer ficar aguardando a resposta de alguma outra editora.
Se você fechar contrato com alguma editora e tiver seu exemplar sendo avaliado por outras, seria educado de sua parte comunicar as demais editoras que ainda estão de posse de seu original que você já fechou contrato com alguma editora. Aliás, fechar contrato não é mera conversa informal, só entenda que conseguiu uma editora quando estiver tudo no papel e assinado, jamais antes. Conversas podem se evaporar no ar, você só terá realmente a editora quando tiver o contrato assinado em suas mãos.

PERGUNTA: Você tem alguma história para narrar sobre publicação de livros? Como está sendo o seu percurso pelo caminho literário? Como está sendo a sua relação com o mercado editorial?

Prof. Dr. Silvério da Costa Oliveira.
(Respeite os Direitos Autorais – Respeite a autoria do texto – Todo autor tem o direito de ter seu nome citado junto aos textos de sua autoria)

Marcadores:

1 Comentários:

Anonymous Nazareh F. Fares disse...

Caro Dr.Silvério,
Gostei muito de saber que existem pessoas preocupadas com os novos autores. Eu tive muita sorte de começar a procurar uma editora e logo recebi resposta positiva.Estou lançando o livro pela editora Scortecci-S.Paulo:"GUILLAIN-BARRÉ,EU VENCI ESSA DOENÇA!",Fui vítima da Síndrome de Guillain-Barré,uma doença rara pouco conhecida no Brasil, mas que vem fazendo vítimas e algumas fatais.Por não encontrar informações suficientes sobre esta Síndrome, resolvi relatar minha experiencia em livro, desde os primeiros sintomas, a perda dos movimentos e minha recuperação.O livro está sendo bem aceito, principalmente pela área de saúde.
Encontrem:www.asabeca.com.br
Um forte abraço.
Nazareh F. Fares

quarta-feira, 3 de setembro de 2008 09:35:00 BRT  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial