Ser Escritor

Blog Ser Escritor - Este blog tem por objetivo divulgar as obras literárias do Prof. Dr. Silvério da Costa Oliveira, proporcionar debate sobre as mesmas, abordar os temas tratados pelo autor em seus livros e apresentar dicas e informações para quem está querendo ser escritor. Ao final de cada postagem, clique nos marcadores para ter acesso a outras sobre o mesmo tema. Deixe seus comentarios aos posts, é simples, não é difícil. Você é bem vindo!

Minha foto
Nome:
Local: Rio de Janeiro, RJ, Brazil

Silvério da Costa Oliveira é Doutor (PhD) e Mestre em Psicologia; Psicólogo, Bacharel em Psicologia, Bacharel em Filosofia, possui a Licenciatura Plena em Psicologia e a Licenciatura Plena em Filosofia, possui a Licenciatura pelo MEC em História e Sociologia, autor de vários livros e artigos, conferencista. Sua formação está estruturada sobre três pilares: a Filosofia, a História e a Psicologia.

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2008

Comunicação não verbal e rapport


Por: Silvério da Costa Oliveira.

----- Original Message -----
Subject: Dúvida
Boa Tarde,
Trabalho na área de Treinamento preciso falar a respeito de Comunicação não
verbal e de Rapport (o que é e para que serve)
você pode me auxiliar?
Obrigada
”F.L.”
Planejamento Call Center xxxx – Treinamento
*:   TELEFONE (011) xxxx-xxxx
*:   “@”

A dica de leitura do dia, para ajudar quem queira se aprofundar no tema proposto por “F.L.” é o capítulo 1 “A comunicação não verbal (linguagem corporal) e o equilíbrio em psicologia” de meu livro “Estudos de psicologia e filosofia” e também o capítulo 11 “A comunicação no Brasil de hoje” de meu livro “Reflexões filosóficas: Uma pequena introdução à filosofia”, ambos no formato livro eletrônico, em PDF, no meu site. Penso ser também interessante a leitura de meu livro “Vencer é ser feliz: A estrada do sucesso e da felicidade”, disponível nas livrarias ou diretamente com a editora Ibrasa, maiores informações em meu site.
Quando falamos em comunicação não verbal nos referimos a tudo o que podemos dizer sem usar a palavra falada, ou mesmo quando fazemos uso da palavra falada, as coisas que estão implícitas ou explícitas em nosso discurso, seja pela escolha das palavras, pelo tom de voz, pela forma como falamos algo, etc. Ninguém é capaz de guardar um segredo para um bom observador, pois, o corpo fala e fala muito. Observando o corpo podemos ver a verdade mais íntima e por vezes até mesmo desconhecida da própria pessoa que a professa.
Quanto à "rapport" trata-se de um conceito que encontra suas raízes na
psicologia da Gestalt e na Psicanálise. Vale uma pesquisa nestas áreas. Até a PNL utiliza tal conceito, sendo este conceito muito importante na psicologia clínica atual. Por rapport entendemos uma total concordância emocional e cognitiva entre as pessoas que estão envolvidas em uma relação, trata-se de uma grande afinidade. Casais quando estão namorando por vezes entram em rapport e quem estiver observando irá reparar que falam no mesmo tom de voz, fazem os mesmos gestos, mantém o mesmo ritmo respiratório, pensam de modo idêntico naquele momento. Se um cruza os braços ou as pernas, o outro faz o mesmo sem pensar no que estás fazendo, como se os dois fossem um só naquele momento.
Este tipo de experiência comum entre pessoas que estão namorando ou entre amigos íntimos ou mesmo na relação psicoterápica entre paciente e terapeuta, recebe o nome de rapport, palavra que encontra sua origem na língua francesa significando concordância, afinidade e analogia.
Quando estamos em estado de rapport é como se estivéssemos vendo nossa imagem no espelho ao observar a outra pessoa e esta por sua vez também tem a impressão de sermos seu reflexo no espelho. Quando se instala uma relação de rapport entre duas ou mais pessoas, esta relação propicia que as pessoas envolvidas tenham a sensação de serem compreendidas e aceitas pelo outro, proporcionando confiança, respeito e simpatia mútua. Observar duas ou mais pessoas em total rapport equivale a observar uma dança bem orquestrada, pois, a cada movimento de um corresponde um movimento adequado do outro, em total harmonia um com o outro e com a situação vivenciada naquele momento.
Um conhecimento mais aprofundado sobre comunicação não verbal, rapport e espelhamento (vide PNL) pode propiciar uma grande ajuda durante processos de persuasão, em vendas ou em situações nas quais precisamos convencer outras pessoas sobre a veracidade ou importância de nossas idéias.

PERGUNTA: Você se lembra de já ter vivido uma relação na qual parecia que a outra pessoa sabia o que você ia dizer antes de o fazer? Onde mesmo conhecendo há pouco tempo à pessoa com quem conversava, parecia que já a conhecia a muito e muito tempo? Sensação de que você era totalmente compreendida e que possuía um laço em comum com a outra pessoa?

Prof. Dr. Silvério da Costa Oliveira.
(Respeite os Direitos Autorais – Respeite a autoria do texto – Todo autor tem o direito de ter seu nome citado junto aos textos de sua autoria)

Marcadores:

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial